Projetos de Pesquisa

Efeitos do exercício físico no desempenho motor, cognitivo e socioemocional de crianças com Transtorno do Espectro Autista

Ano de Início

2021

Situação

Em Andamento

O objetivo do presente projeto de pesquisa é avaliar os efeitos do exercício físico no desempenho motor, cognitivo e socioemocional de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), e ainda, investigar as possíveis correlações entre as habilidades motoras grossas, funções executivas e Teoria da Mente com o nível de atividade física e comportamento sedentário em crianças com TEA. Para alcançar este objetivo geral serão realizados quatro estudos: Estudo 1) Efeito do exercício físico nas variáveis motoras, cognitivas e socioemocionais no Transtorno do Espectro Autista: uma revisão sistemática e meta-análise; Estudo 2) Validação e confiabilidade do Gross Motor Skills App como recurso visual para avaliação motora de crianças com Transtorno do Espectro Autista; Estudo 3) Relações entre comportamento sedentário, habilidades motoras, funções executivas e cognição social no Transtorno do Espectro Autista: um estudo de corte transversal; Estudo 4) O efeito de um programa de exercícios físicos sobre as habilidades motoras, cognitivas, Teoria da Mente e organização do pensamento em indivíduos autistas: um estudo randomizado controlado.

Nível de Atividade Física Habitual, Barreiras e Facilitadores da Prática de Atividade Física em Pacientes com Transtorno Mental

Ano de Início

2020

Situação

Em Andamento

O objetivo do presente projeto é avaliar quais são os fatores preditores do comportamento ativo nos diferentes transtornos mentais em indivíduos em atendimento ambulatorial.

Resposta Funcional, Cognitiva, Hormonal e de Fatores Tróficos em Idosos com Declínio Cognitivo e Demência à um Programa com Realidade Virtual

Ano de Início

2020

Situação

Em Andamento

Investigar os efeitos da prática de exercícios físicos associados à realidade virtual, na capacidade motora, funcional, cognitiva e no perfil de fatores tróficos de idosos com declínio cognitivo e demência.

Criação e validação de um aplicativo para suporte visual baseado em animação para o Test of Gross Motor Development - TGMD-3 (App TGMD-3 Animation)

Ano de Início

2019

Situação

Em Andamento

O objetivo do presente estudo é criar e validar um aplicativo para suporte visual baseado em animação para o uso com o Test of Gross Motor Development - TGMD-3 (App TGMD-3 Animation) para crianças entre 3 e 10 anos  sem (típicas) e com transtornos globais de desenvolvimento e deficiências intelectuais (atípicas). Este estudo será desenvolvido em três fases que envolvem primeiramente a criação dos desenhos das crianças (menino e menina) e o processo de desenvolvimento das animações em vídeo das treze habilidades motoras. Posteriormente ocorrerá a validação por experts e por crianças alvo do estudo, e então o desenvolvimento do aplicativo contendo as animações e procedimentos para uso em tablets e celulares; App TGMD-3 Animation. Finalmente ocorrerão coletas e testagem utilizando o aplicativo para fins de validação do aplicativo no Brasil. Após cumprida todas as etapas o aplicativo será disponibilizado na Play Store.

Marcadores Cognitivos e Motores Associados à Prevalência e Incidência de Declínio Cognitivo e Demência: Um Estudo de Coorte Prospectivo

Ano de Início

2018

Situação

Em Andamento

O objetivo deste projeto é identificar preditores motores e cognitivos associados à prevalência e à incidência de CCL e demência em idosos da comunidade.

Efeito do Exercício Físico no Desempenho Cognitivo Infantil

Ano de Início

2018

Situação

Em Andamento

O objetivo do presente estudo é analisar o efeito do exercício físico na cognição infantil, bem como as correlações entre diferentes variáveis da aptidão física e cognitiva, através da elaboração de quatro artigos com os respectivos objetivos específicos: 1) através de uma meta-análise de estudos controlados randomizados, analisar o efeito do exercício físico nas funções executivas e desempenho escolar de crianças e adolescentes; 2) investigar a relação entre variáveis da aptidão física e as funções executivas e autorregulação comportamental, em um estudo de corte transversal; 3) avaliar o efeito agudo de uma aula de Capoeira em crianças de 10 a 15 anos, nas funções executivas, autorregulação comportamental e escalas de ativação e afeto, em um estudo randomizado e controlado; 4) avaliar o efeito crônico de aulas de Capoeira e aulas de Mini Atletismo, em crianças de 10 a 15 anos, nas funções executivas, autorregulação comportamental, desempenho acadêmico, aptidão física para saúde e para o esporte e nível de atividade física, em um estudo randomizado e controlado.