O envelhecimento populacional é um tema urgente, especialmente no Brasil, que em menos de trinta anos veremos a prevalência da população idosa duplicar, sem o investimento necessário para a promoção de um envelhecimento ativo e saudável.

O aumento da expectativa de vida está associado ao aumento de doenças físicas e mentais, que impactam na qualidade de vida de idosos e familiares. A Fragilidade e as Demências estão entre as principais causas de dependência, incapacidade e institucionalização de idosos. Estima-se que 107 mil idosos residam em ILPIs.

Entre as diretrizes da OMS para a construção de uma sociedade para todas as idades, o exercício físico é uma estratégia que pode contribuir para as quatro áreas de ação da década do Envelhecimento saudável. A prática regular de atividade física está associada à melhora do desempenho físico, emocional e cognitivo de idosos.

Desde 2014, o nosso grupo vem promovendo ações na tríade pesquisa, ensino e extensão através de atividades físicas para idosos. A capacitação teórico-prática é fundamental para que o cuidado centrado no idoso possa ser realizado de forma segura e eficiente e os benefícios da redução do comportamento sedentário possam ser alcançados em idosos institucionalizados.

Nesse sentido, o ILPI EM MOVIMENTO será um curso de extensão ofertado através da plataforma Moodle AVA (UFRJ) no formato EAD.

Destinado a médicos, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, cuidadores, enfermeiros e profissionais de educação física, que atendem idosos em ILPIs.

 

Estratégias de Redução de Comportamento Sedentário em Instituições de Longa Permanência para Idosos           

        

logo_transparent_background.png

Objetivos

1. Objetivamos capacitar profissionais de ILPIs para a realização de avaliações funcionais e implementação de atividades de redução de comportamento sedentário para os idosos institucionalizados.

2. Disponibilizar o conhecimento relacionado ao tema através de aulas expositivas, sempre utilizando o conhecimento científico através das publicações mais recentes e relevantes sobre o assunto.

3. Instrumentalizar o profissionais das ILPIs para que sejam capazes de desenvolver atividades que utilizem o movimento corporal associado às funções cognitivas para reduzir o comportamento sedentário dos idosos.

Para saber mais...

Confira o lançamento do curso de extensão no YouTube